Quanto mais se fala sobre diversidade, mais artistas LGBTQ (Lésbicas, Gays e Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) ganham destaque na mídia. São vários os nomes pisam muito e que estão fazendo sucesso com suas músicas e, principalmente, servindo como exemplo para fãs que buscam representatividade no cenário musical brasileiro.

1 – Liniker

Natural de Araraquara, SP, x cantor de 20 anos mescla black music e soul. Elx está quebrando tabus e mostrando para o mundo as cores de uma voz doce e instigante. X cantor afirma: não precisa ter certeza se é “o” Liniker ou “a” Liniker. Prefere ser livre. 

Escute. >> https://www.youtube.com/watch?v=M4s3yTJCcmI

 

2 – Pabllo Vitar

Pabllo Vittar é uma das artistas LGBTQ que está ganhando cada vez mais espaço e fazendo sucesso no mundo.  A cantora descreve-se como “fluido de gênero”: “Sou drag queen só quando tem que ser. Suas músicas dançantes figuram no topo das paradas de streaming, como Deezer e Spotify, além do YouTube.

Escute. >> https://www.youtube.com/watch?v=3L5D8by1AtI

3 – Linn da Quebrada

A cantora trans vem ganhando espaço ao lado de outros artistas que questionam padrões de gênero. A funkeira fala sobre os direitos LGBTQ, mas trata também do poder ser afeminada, ou de “enviadecer”, como ela coloca em uma das suas músicas com conteúdo bem explícito.

Escute. >> https://www.youtube.com/watch?v=saZywh0FuEY

4 – Johnny Hooker

Ele é um astro do pop nacional e um dos artistas LGBTQ mais influentes do Brasil. O Cantor já ganhou o título de melhor cantor na categoria Canção Popular, no prêmio nacional de música brasileira e foi mais um passo para ser respeitado no país.

Escute. >> https://www.youtube.com/watch?v=3ZaOZInmSDo

5 – Rico Dalasam

Ele é rapper e passou por poucas e boa no meio por ser gay, já que o universo do rap é bastante machista. Mas hoje ele é respeitado e cada vez mais está ganhando notoriedade pelo seu trabalho e por defender a minoria.

Escute. >> https://www.youtube.com/watch?v=tQ_2iTybtaI

6 – Gloria Groove 

Quem disse que drag queen não pode ser rapper? Gloria é destaque no cenário Suas letras falam sobre aceitação e afirmação da cultura drag e da comunidade LGBTQ, e como lidar com o preconceito que sofrem,

Escute. >> https://www.youtube.com/watch?v=LWaOGMntBlY