A maneira pela qual as pessoas com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) percebem e sentem o mundo ao seu redor pode ser bastante diferente das demais da sociedade.

Tendo isso em mente, uma escola localizada na cidade de Paraná, concordaram em colocar na base de todas as mesas e cadeiras, bolinhas de tênis para que não houvesse o atrito da cadeira com o piso, de modo que cortava o barulho que normalmente estressava o garoto autista que faz o ensino fundamental.

A ideia se teve início a partir de uma publicação feita pela mãe de Geremías, feita pelas redes sociais. Ela conta o quanto o ruído das cadeiras e mesas com o chão o atordoava e o deixava irritado, de modo que atrapalhava o aprendizado de seu filho.

O menino possui notas excelentes e um ótimo comportamento motivo para ser o aluno destaque de sua turma. Mas, infelizmente comentava com sua mãe o quanto isso o incomodava.

Foto: Facebook

O post viralizou e acabou chegando a sua respectiva escola, que logo em seguida entrou em contato com a mãe dizendo que tomaria uma certa iniciativa.

A escola colocou centenas de bolinhas de tênis nos pés das mesas e cadeiras, e assim como relatou os professores: foi o fim da ‘Era do Barulho’.

Outras escolas então decidiram adotar a ideia. Confira abaixo: