A primeira versão de ‘Chiquititas’ foi um grande sucesso no Brasil. Baseada na versão original do mesmo nome criada e produzida por Cris Morena, encantou as crianças daquele ano, 1997 e foi um verdadeiro estouro. E, até hoje ainda faz com que muitas pessoas se recordam com carinho das crianças que fizeram muitas pessoas se emocionar e até chorar com suas aventuras e histórias.

A novela que se tornou sucesso, na emissora de Silvio Santos, contou com nomes como: Fernanda Souza, Flávia Monteiro, Carla Diaz, Aretha Oliveira, Francis Helena e Gisele Frade, em seu elenco incrível e inesquecível.

Foto: Instagram @fernandasouzaoficial / Reprodução

Fernanda Souza ainda fala com carinho daquela época, em que ficou para ela marcada para sempre. Em uma entrevista no ‘Conversa com Bial’ na quarta-feira, 11, ela contou algumas curiosidades que muitos fãs da primeira versão ainda não sabiam. Uma delas porém, deixou o público chocado, segundo informa o site do ‘Terra’.

“Eu nunca cantei. [Dublava] muito bem. Enganei o país inteiro”, se divertiu a apresentadora.
“Toda vez que eu falo isso sempre tem que faz um ‘ahhhh’ e eu respondo ‘aí, miga, se você pegasse o encarte do CD ia ler lá quem faziam os vocais e via que não éramos nós’”, continuou.

“Era muito difícil achar 20 crianças que cantaram, dançaram e atuassem, então eles escolheram só os dois primeiros e a gente dublou mesmo”, disse Fernanda.

Fernanda também contou que logo depois que encerrou a novela, foi convidada para gravar um disco, e que sua mãe avisou que ela não cantava.

“Me chamaram para gravar um CD e eu gravei, não podia recusar aquela graninha. Mobiliei um apartamento inteiro com o dinheiro daquele CD”, lembra.
“Fui na gravadora e cantei mal. Minha mãe disse: ‘avisei [há] três meses que essa menina não canta nada’”, brincou.

O sucesso da novela foi tanto, que outra versão em 2013 também deixou o público fascinado. O sucesso da segunda versão no Brasil foi tanta que rendeu bons frutos ao canal. Mais de 500 produtos foram licenciados, fora alguns atores que foram do anonimato ao estrelato.

Assista o trecho da entrevista: