Que história de superação linda! Um comentário maldoso e que poderia magoar profundamente uma criança de 11 anos de idade serviu, na verdade, para provocar toda uma corrente do bem e fortalecer ainda mais uma humilde família de Teresina (PI).

Luizinho vende bombons no bairro Buenos Aires para ajudar os pais a pagar o aluguel de casa. No início do ano, Luizinho foi humilhado por uma mulher no momento em que ofereceu os bombons.

Após esse triste episódio, sua casa ainda foi furtada. Levaram tudo, até o seu videogame.

Uma mãe com suas filhas o constrangeram por conta do seu trabalho, e sorriam de forma debochada e jogaram piadinha”, relatou o pai, Netanias Moreira.

“Eu cheguei na mesa para oferecer bombons e escutei a mulher falando para as duas filhas que era para elas estudarem para não ficar igual a mim vendendo bombons na rua. Eu fiquei muito magoado e chorei”, lembra Luizinho.

Luís foi humilhado por uma mulher que disse para as duas filhas estudarem para não não ter que vender bombons igual a ele. Foto: Arquivo pessoal

A família contou que o garoto ficou muito triste e envergonhado, mas os pais o ajudaram a superar a humilhação sofrida. Luizinho também recebeu mensagens de carinho de várias pessoas no desabafo que a família compartilhou no Instagram. Infelizmente, a conta foi rackeada e a publicação apagada.

“Eu senti uma revolta, fiquei muito revoltado com tudo que aconteceu. E encontrei nas redes sociais a forma de desabafar. A gente começou a acreditar que ainda existem pessoas de bom coração nesse mundo. Milhões de manifestações de apoio, de carinho, de incentivo ao sonho do Luís, de pessoas que se sensibilizaram com a situação. Isso ajudou muito porque o Luís estava sem chão e cada comentário deixava mais feliz, se sentia mais fortalecido e animado”, relata o pai.

Luizinho sonha em ser Defensor Público

Luizinho deu a melhor resposta para o episódio. Ele sonha em ser Defensor Público e disse que um dia a mulher que o humilhou pode precisar dele. “Um dia vão cruzar em meu caminho e talvez eu seja um Defensor Público”, disse.

Luizinho foi convidado para conhecer o trabalho da Defensoria Pública do Piauí. Foto: Arquivo pessoal

E a situação chamou tanto a atenção que o garoto foi convidado para conhecer a Defensoria Pública do Estado do Piauí e a Defensoria Pública da União no Estado. Luizinho recebeu homenagens e conheceu um pouco o trabalho de um Defensor Público, ou melhor, o que ele fará no futuro, certamente! 🌟

Ser defensor público é meu sonho pessoal”, relatou Luizinho.

Luizinho conheceu a Defensoria Pública da União e recebeu homenagem. Foto: Arquivo pessoal

“Desejo muito que meu filho continue sendo exatamente como ele é. Se for um defensor público, que seja um cidadão, sendo cidadão, pode ser o que ele quiser. Eu vivo o futuro dele, os sonhos dele”, afirma Netanias. (via RazõesParaViver)