Victor foi acusado de @gressão em fevereiro de 2017 pela então esposa Poliana Bagatini, que estava grávida de três meses na época do segundo filho do casal. No boletim de ocorrência, ela relatou ter sido @gredida em um prédio no bairro Luxemburgo, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Neste domingo (12), o programa “Domingo Espetacular”, da TV Record, divulgou o vídeo que mostra o momento da @gressão. Assista na reportagem:

Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a pena foi fixada no dia 29 de novembro, estabelecendo o cumprimento de 18 dias de prisão em regime aberto. Na última quinta-feira (9), Victor recorreu e o caso foi enviado ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

O sertanejo também foi condenado a pagar R$ 20 mil à Poliana “como indenização em decorrência dos danos morais causados”. Até o fechamento desta matéria, Victor não se pronunciou.